Repensando o ensino jurídico a partir da pandemia (covid-19) e as novas tecnologias para a educação à distância
PDF
HTML

Palavras-chave

Ensino Jurídico
Desafios Contemporâneos
Interpretação do Direito
Covid-19
Educação à Distância legal education
contemporary challenges
interpretation of law
covid-19
distance Education educación jurídica
desafíos contemporáneos
interpretación de derecho
covid-19
educación a distancia

Como Citar

Tabarelli, L., & Galia , R. W. (2021). Repensando o ensino jurídico a partir da pandemia (covid-19) e as novas tecnologias para a educação à distância. Revista Científica Disruptiva, 3(1), 65-80. Recuperado de http://revista.cers.com.br/ojs/index.php/revista/article/view/99

Resumo

Este trabalho apresenta breves considerações acerca dos desafios enfrentados na atualidade para a interpretação do Direito, em especial a fim de que se garanta, com a tarefa hermenêutica, efetividade aos direitos fundamentais. Nessa linha, importante observar que a atividade interpretativa é inerente a atuação de todo aquele que se propõe a compreender o alcance de um texto. Na seara jurídica, tal ofício já se manifesta desde o início da trajetória acadêmica do aluno. Daí a significativa relevância de se (re) pensar criticamente o ensino jurídico dos dias correntes, principalmente em razão da pandemia (covid-19), que traz uma nova realidade ao ensino jurídico no Brasil, com a utilização de novas tecnologias (aulas virtuais através de plataformas digitais, por exemplo) para evitar o contágio do vírus entre os atores envolvidos no processo ensino-aprendizagem (professores e alunos) e permitir um conhecimento sem fronteiras. O problema de pesquisa é saber até que ponto o ensino jurídico foi afetado pela pandemia. Como conclusão, percebe-se que professores e alunos terão que se reinventar no processo ensino-aprendizagem, o que afetou o ensino jurídico, já que não há possibilidade de aulas presenciais enquanto perdurar a pandemia. Trata-se de um estudo descritivo de revisão de literatura, de natureza qualitativa sobre o ensino jurídico em tempos de COVID-19 com orientações importantes para os professores e alunos diante das recomendações do Ministério da Educação.

PDF
HTML

Referências

ALEXY, Robert. Teoria dos direitos fundamentais. Tradução de: Virgílio Afonso da Silva. São Paulo: Malheiros, 2008.

BAUMAN, Zygmunt. Medo Líquido. Tradução de Carlos Medeiros. Rio de Janeiro: Zahar, 2008.

BAUMAN, Zygmunt. O mal-estar da pós-modernidade. Tradução de Mauro Gama e de Cláudia Martinelli Gama. Revisão técnica de Luís Carlos Fridman. Rio de Janeiro: Zahar, 1998.

BAUMAN, Zygmunt. Vida líquida. Tradução Carlos Alberto Medeiros. Rio de Janeiro: Zahar, 2007.

BRASIL. Ministério da Educação. Parecer CNE/CEB nº 19/2009, em virtude da pandemia do COVIDI-19. MEC, 2020a. Disponível em: https://abmes.org.br/arquivos/documentos/resposta-oficiocne13032020.pdf. Acesso em: 07 maio 2021.

BRASIL. Ministério da Educação. Portaria nº 343, de 17 de Março de 2020 que Dispõe sobre a substituição das aulas presenciais por aulas em meios digitais enquanto durar a situação de pandemia do Novo Coronavírus - COVID-19. 2020b. Disponível em: https://www.mec.gov.br. Acesso em: 08 maio 2021.

FIGUEIREDO, Marcelo. O controle das políticas públicas pelo Poder Judiciário no Brasil - uma visão geral. Interesse Público - IP, Belo Horizonte, v.9, n.44, p.27-66, jul./ago. 2007.

FIORILLO, Celso Antônio Pacheco; LINHARES, Mônica Tereza Mansur. Educação Jurídica e Meio Ambiente Digital na Sociedade da Informação. In: SILVEIRA, Vladimir Oliveira; SANCHES, Samyra Haydêe Dal Farra Naspolini; COUTO, Mônica Bonetti (org.). Educação Jurídica. São Paulo: Saraiva, 2013.

FREITAS, Juarez. A interpretação sistemática do Direito. 5. ed. São Paulo: Malheiros, 2010.

FREITAS, Juarez. O intérprete e o poder de dar vida à Constituição: preceitos de exegese constitucional. Revista do Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais - R. TCMG, Belo Horizonte, v. 35, n. 2, p. 15-46, abr./jun. 2000.

FREITAS, Juarez. O Princípio da Democracia e o controle do orçamento público brasileiro. Revista Interesse Público, Porto Alegre, v. 4, N. Esp., p. 11-23, 2002.

GADAMER, Hans-George. Verdad y Método. Tradução de Ana Agud Aparicio y Rafael de Agapito. Salamanca: Sígueme, 1977.

HESSE, Konrad. A Força Normativa da Constituição. Porto Alegre: Sérgio Fabris Editora, 1991.

KARASEK, Felipe Szyszka. O conceito de pós-modernidade em Lyotard e a possibilidade da influência nietzschiana. Revista FAMECOS/PUCRS. Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS): Porto Alegre, agosto 2010, nº 23. p. 79-86.

KELSEN, Hans. Teoria Pura do Direito. Tradução de: João Baptista Machado. 5. ed. São Paulo: Martins Fontes, 1996.

KENSKI, Vani Moreira. Tecnologias e Ensino Presencial e a Distância. 9. ed. Campinas, SP: Papirus, 2012.

KLAFKE. A contribuição das ferramentas digitais para maior objetividade na avaliação de participação no ensino jurídico. Revista Científica Disruptiva, [S. l.], v. 1, n. 2, p. 77-93, 2020. Disponível em: http://revista.cers.com.br/ojs/index.php/revista/article/view/36. Acesso em: 26 jun. 2021.

MORAN, José Manuel; MASETTO, Marcos T.; BEHRENS, Marilda. Novas tecnologias e mediação pedagógica. 17. ed. São Paulo: Papirus Educação, 2010.

OLIVEIRA, Rodrigo Rios Faria de; ANDRADE, Nelson Lambert de. A Educação e o Ensino Jurídico no Brasil: um percurso na pandemia. Brazilian Applied Science Review, Curitiba, v.5, n.2, p. 878-890 mar./abr. 2021. Disponível em: https://www.brazilianjournals.com/index.php/BASR/article/view/27105/21430. Acesso em: 26 jun. 2021.

WORLD HEALTH ORGANIZATION. Coronavirus disease 2019 (COVID-19): Situation Report – 51. OMS. Disponível em: https://apps.who.int/iris/bitstream/handle/10665/331475/nCoVsitrep11Mar2020-eng.pdf?sequence=1&isAllowed=y. Acesso em 07.05.2021. Acesso em: 07 maio 2021.

SANTOS, Ana Luiza; JACOBS, Edgar. Mudanças nas DCN´s do Curso de Direito e a inclusão do “letramento digital". Disponível em: https://www.jacobsconsultoria.com.br/post/mudan%C3%A7as-nas-dcn-s-do-curso-de-direito-e-a-inclus%C3%A3o-do-letramento-digitais. Acesso em: 08 maio 2021.

Creative Commons License

Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License.

Copyright (c) 2021 Array